Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
10/07/19 às 12h12 - Atualizado em 10/07/19 às 12h12

Última semana para solicitar o pagamento antecipado de precatórios

COMPARTILHAR

Esta é a última semana para aderir ao Acordo Direto para Pagamento de Precatórios. Até o momento, a Procuradoria-Geral do Distrito Federal (PGDF) já recebeu mais de 1.500 propostas de acordo.

 

Podem participar titulares de precatórios emitidos até 31/12/2016, desde que não tenham sido cedidos nem utilizados para compensação tributária. O pagamento do crédito será feito até o final do ano, com deságio de 40%.

   

É importante lembrar que não é necessário comparecer ao TJDFT para aderir ao acordo. Basta reunir RG e CPF, preencher o formulário disponível no site da PGDF (www.pg.df.gov.br), e comparecer a uma das agências da Receita do DF participantes. Também é possível fazer a proposta sem sair de casa, pelo Sistema Eletrônico de Informações do GDF, o SEI.

  

Todas as informações sobre como aderir ao Acordo Direto estão no site da PGDF. Lá é possível conhecer também o valor histórico do crédito, que ainda será atualizado, com incidência de juros e correção monetária, antes da aplicação do deságio de 40%.

 

 No início da campanha, haviam sido destinados R$ 120 milhões para o pagamento antecipado de precatórios, com deságio de 40%. Na última semana, o valor subiu para R$ 184,1 milhões devido a novos repasses feitos pelo GDF.

  

 

Fique atento, pois o prazo para aderir à conciliação vai até próxima quarta-feira, 17 de julho.

 

  

Acesse www.pg.df.gov.br e veja todos os detalhes sobre o pagamento antecipado de precatórios.

 

  

Acordo Direto

  

O Edital do Segundo Chamamento de Interessados para Celebração de Acordo Direto de Pagamento de Precatórios foi lançado, em 14 de junho, pela A Procuradoria-Geral do Distrito Federal (PGDF), por meio da Câmara de Mediação e Conciliação (CAMEC).

  

Trata-se de modalidade de pagamento especial em que, uma vez obedecidos os requisitos do regime, o credor é excepcionado da lista cronológica e recebe seu pagamento de forma antecipada, mediante deságio de 40%.

  

*Com informações da Procuradoria-Geral do DF